Pentax e Nikon

Não, não é mais um artigo do tipo ‘a minha é melhor que a tua’ ou sobre os novos lançamentos (muito pelo contrário) ou defesa de usuários ou fabricantes. Apenas um relato de uma experiência.

Já vi relatos de usuários da Pentax utilizando objetivas Nikon. Eu tinha uma Nikon 50mm 1:1.8 que estava servindo de calço para a mesa não balançar e resolvi experimentar. Apesar de ver muita gente ‘desejando’ uma 50mm, não é uma distância focal que me agrade muito devido ao fator de corte da câmera. A objetiva que parece ter colado na câmera é uma 28mm, apesar de achar interessante a 21mm e a 35mm. Mas as 50mm são, geralmente, boas, baratas e claras. Mas, como não paguei nada pela minha, resolvi testar.

Ela não encaixa perfeitamente na baioneta mas, sem forçar muito, fica suficientemente segura. Um pouco de cuidado ao alterar a abertura e é possível andar com ela na câmera tranquilamente. Para objetivas mais pesadas o cuidado deverá ser redobrado.Em F1.8 e distâncias curtas, é complicado focar manualmente. Mas achei que a qualidade de imagem e as cores resultantes são boas. Mas a aberração cromática lateral me incomodou um pouco. Basta um objeto mais brilhante para que apareça aquele halo azulado e/ou avermelhado.

Agora já posso entrar naqueles tópicos só para 50mm. Como a minha objetiva diária é a 35mm que também é de foco manual, estou começando a pensar que tenho que trocar o despolido da câmera para facilitar um pouco a focalização.

Pentakon

Anúncios

Uma opinião sobre “Pentax e Nikon

  1. Oi, Guaracy

    Interessante o uso da lente Nikon na Pentax. Um dia desses eu coloquei uma Nikkor 55/1.2 na K100D só de brincadeira, e funcionou, mas obviamente a lente não prende totalmente sem o adaptador, como você comentou.

    A 28mm nas reflex digitais, acaba sendo mais interessante mesmo, pois dá um ângulo de visão equivalente a 42mm no filme, mas próximo da normal.

    Abraços,
    Rodrigo

Os comentários estão desativados.